UA-77267580-1

20/10/2019 - Cone Chinês/Hindu com cera de abelha (PRESENCIAL)

No caso de reembolso e quanto aos boletos bancários emitidos, taxas dos bancos para emissão, baixa e alteração de vencimento serão cobradas, etc.

20/10/2019 - Cone Chinês/Hindu com cera de abelha (PRESENCIAL)

  • 06 Horas de duração
  • 0 Aulas
  • 0 Módulos
  • de suporte
Parcele em 12x R$ 35,14 (ou R$ 350,00 à vista)
Comprar Agora Lançamento previsto para o dia 20/10/2019
Sônia Mantovani

Conteúdo: O Cone Chinês/Hindu com cera de abelha é uma técnica segundo escritos teve início em varias civilizações antigas como China, Índia e Egito, sendo utilizados como rituais sagrados  para abertura e limpeza dos ouvidos e terceiro olho.
Ajuda também na limpeza energética onde acontece o reequilíbrio é centralização de seus pedidos pessoais, transmutando com a queima do resíduo de qualquer energia negativa. Aprenderá também os seus benefícios...

 . Perda de audição causada por secreções;
. zumbido de ouvido;
. enxaquecas e sinusites crônicas;
. Depressão;
. Nervosismo;
. excesso de energias intrusas e obsessores;
. Confeccionar os cones de cera de abelhas ...

 Duração: 06 horas
 Horário: das 10h as 17h
 Encontros: 01 Encontros - Domingo

 Política de Reembolso:

. No caso de reembolso e quanto aos boletos bancários emitidos, taxas dos bancos para emissão, baixa e alteração de vencimento serão cobradas.

. No caso de cancelamento de NF serão cobrados taxas referentes aos impostos retidos.

. Cancelamentos com até 5 dias de antecedência não será reembolsado devido aos custos já programados como por exemplo impressão de material e etc.

Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até após a matrícula.
Nenhuma descrição cadastrada.
Sônia Mantovani
""


Dúvidas Frequentes

Não, estudaremos a Bruxaria como uma filosofia de vida, como uma arte na qual expomos de cara limpa, sem medo e sem preconceito, o nosso amor pela Mãe Natureza, despertando o amor em nós e aprendendo a respeitar as pessoas, a vontade da Natureza e, acima de tudo, a nós mesmos. Não trabalhamos com dogmas religiosos.
Voltar ao topo